sexta-feira, 31 de março de 2006

Palavras Difíceis

A primeira palavra que a Carolina disse foi "mamã", tinha seis meses! Na altura ficámos na expectativa de que começasse a falar cedo, até completar 12 meses poucas palavras foram acrescentadas ao vocabulário, depois evoluiu naturalmente (tudo dentro da normalidade, portanto!).
Até há alguns meses atrás ainda tinha dificuldade em dizer os "r", agora já os diz, no entanto, existem ainda algumas palavras que saem com alguns ajustamentos, ou com uma entoação que as torna especial para nós.
Deixo aqui alguns exemplos:
- "Mamã, qual é a tua cor pefida?"
- "Azul."
- "A minha cor pefida é o cor-de-rosa!" (Pois, mais uma influência das princesas!)
..............
- "Sabes a que se mascarou o João C.?"
- Não.
- "Homaranha!" (Assim mesmo, tudo junto e muito rápido!)
..............
- "Mamã, qual é a tua profissão?" (Estão a aprender as profissões no Jardim de Infância.)
- ....
- "Tecna superior diducação!" (esta última palavra nem sempre sai!)
.............
- "O meu amigo Rodigo hoje não quis brincar comigo!" (Quase estava capaz de pôr o nome Rodrigo ao mano, para a ouvir dizer. É impossível aqui descrever melhor a maneira engraçada como ela o diz!)

7 comentários:

  1. Esqueceste-te de mencionar o belo nome João que ela tantassss vezes repetia quando aprendeu a dizer: João!! Dizia ela tão contente!

    E a maneira como diz ... com o sorriso todo aberto... Madinha!!

    ResponderEliminar
  2. :))

    É engraçado como há certos "erros" deles que são muito mais interessantes do que conseguirem dizer palavras difíceis!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sabes costumo escrever essas palavras todas num papel para mais tar me lembrar de tudo e hoje em dia até ela se ri do modo como dizia certas coisas..."fualo" era cavalo...e "iaco" era casaco! Lembro-me uma vez que ela chorava a pedir-me algo que eu não estava mesmo a descobrir o que seria, e eu dizia-lhe " oh bebé a mamã não sabe o que é!", e eu já a ficar desesperada com a situação agarrei nela ao menos para me dizer aonde estava o que ela queria...e assim foi! Ela queria uma "piacha diaki"...lol e era simplesmente uma bolacha de chocolate! Acho mesmo que foi a partir desta que começei a escrever tudo lol
    Beijinhos e bom fim de semana para vcs! :)

    ResponderEliminar
  4. Concordo com a Costinhas... existem palavras que ditas de forma errada têm um sentido especial! :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. A Tia Emprestada3/4/06 9:19 da manhã

    Ainda hoje se utiliza lá por casa o "popiocada" que traduzido dá preocupada...

    ResponderEliminar
  6. É uma forma de pronunciar as palavras muito doce. :D É tão giro! :)

    Bjs

    ResponderEliminar