segunda-feira, 8 de maio de 2006

Dia da Mãe

Prenda do Dia da MãeMais do que a um dia, este ano tive direito a um fim-de-semana de Mãe! Começou ainda na sexta-feira ao final do dia, porque isto de ter que esperar quase mais dois dias para dar a prenda à mamã ainda não funciona com a Carolina, por isso a tão falada prenda foi entregue logo à saída da escolinha.
Resta dizer que adorei, e que já tem um lugar marcado num cantinho da minha secretária de trabalho!
A manhã de Sábado foi dedicada a algumas compras para a nossa casa, finalmente temos candeeiros no hall de entrada e apliques no corredor dos quartos.
Seguiu-se um almoço com os amigos, 6 adultos, 4 crianças; dentro de três meses passaremos a ser 6 adultos e 6 crianças e o restaurante que nos acolheu deixará de ter espaço para todos, a não ser que feche as portas aos restantes clientes!
A tarde foi passada no Parque do Alvito, dividida entre conversas de adultos, corridas atrás das crianças, sessões fotográficas e lanche de gelados.
Dia da MãeNo Domingo, Dia da Mãe, porque a mamã andava a sonhar com Bifes de Espadarte Grelhados, rumámos a Sesimbra.
Gostamos especialmente de Sesimbra, sentimo-nos bem, em casa, faz parte da história da minha família e passou também a fazer parte da minha história com o J. e com a constituição da nossa própria família (os primeiros dias fora de casa da Carolina foram passados em Sesimbra), por isso é sempre muito bom regressar.
Depois de satisfeito o desejo da mamã, o que resultou num belíssimo almoço com direito a uns golinhos de vinho verde e a Sericaia no final, demos um passeio pela marginal e só não estivemos mais tempo junto à praia porque para além do vento, tínhamos uma piolhita a ficar cansada e rabujenta com o sono.
CerejasDe qualquer maneira tínhamos que regressar a Lisboa, porque a vovó F. chegava do Douro com um carregamento de cerejas vermelhinhas, prontas a serem deliciadas!

14 comentários:

  1. Lindasssssss, mamã e filha.
    E as prendas feitas por elas tem um gosto tão especial não é?
    Essas cerejas deixaram-me com agua na boca lol.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Que belo fim de semana :o))

    Quando o tempo melhora sabe tão bem arejar com os nossos meninos!

    Oh não, e agora fiquei com desejos de cerejas. Os desejos de nésperas tem sido amplamente satisfeitos, com toda a familia a trabalhar nesse sentido :o))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. que bela prendinha! ;-))

    e que belo fds também!!

    a fotografia está muito engraçada.. estão as duas mto giras!

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Belo fim-de-semana!!!

    E que belas cerejinhas!!! Nhammmm...

    Beijos



    (também gostamos muito de Sesimbra)

    ResponderEliminar
  5. Adorei a vossa foto! E a das cerejas também: cerejas fresquinhas e madurinhas, nham nham. :) Ah! E o vaso com as flores está uma fofura!

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Temos que trocar fotos, quais cromos repetidos.

    ResponderEliminar
  7. Este ano pela primeira vez, o dia da mãe teve um significadi mto especial para mim tb!
    Obrigada pela tua visita e mtos beijinhos!
    Musa

    ResponderEliminar
  8. nham nham nham CEREJAS!!!! Sou louca por cerejas!!!

    ResponderEliminar
  9. Vocês são lindas. Que grávida mais charmosa.

    Beijinhos

    Vera

    ResponderEliminar
  10. vocês estão lindas :D

    que belo fim de semana.
    Eu nasci em Sesimbra, tenho muitas memórias de infância de lá, quando ia passar o verão a casa da minha avó, e a história do R. também passa muito por lá :)

    ResponderEliminar
  11. Que fim de semana maravilhoso!

    Linda foto!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. A Tia Emprestada10/5/06 6:08 da tarde

    Eu que eu gostava mesmo era de saber se as cerejas este ano estão melhores do que as do ano passado...
    Há gente com muita lata ...

    ResponderEliminar
  13. Eu estive em Sesimbra de sexta para sábado... que pena. Gostava de me ter cruzado contigo. Não conhecia muito bem e fiquei fã. E por acaso o meu último almoço lá também foi bife de espadarte grelhado... huuummmm só de me lembrar....

    ResponderEliminar
  14. Para comer cerejas não me convidas tu...

    ResponderEliminar