terça-feira, 28 de agosto de 2007

Minutos que parecem horas...

Há pouco mais de duas horas atrás eu estava sentada aqui a tentar pôr os em dia os mails e as visitas aos blogs-amigos…
Duas horas e pouco depois eu já fomos ao hospital com o Tiago e voltámos.

Estava a dormir sossegado, de repente choramingou e depois começou a fazer ruídos estranhos, fui ver, estava vermelho, parecia preste a sufocar, sem conseguir respirar.

Chamei o pai que tinha acabado de chegar, entrámos em pânico, não percebíamos o que estava a acontecer, apenas sabíamos que ele não estava a respirar, vestimo-nos a correr, a Carolina que ainda estava de pé à espera do pai (privilégios das férias!) apareceu ao pé de mim pronta para sair, em 10 minutos estávamos no hospital, ele parecia melhor apesar de visivelmente continuar com dificuldades respiratórias.

A enfermeira na triagem fez logo o diagnóstico, inflamação da laringe, o som que ouvíamos chamasse Estridor, e sim ele não estava a respirar, foi logo visto por uma médica que confirmou o diagnóstico.

Gotas de Corticóides (Celestone) e aerossol 123 (entre outros medicamentos inclui adrenalina), o miúdo começou a melhorar quase de imediato, com direito a brincadeiras com a enfermeira(muito simpática!) e a gritinhos de excitação.

Nós começámos a acalmar e a irmã conseguiu que o tamanho dos olhos voltasse ao normal (saiu de casa com os olhos muito abertos e muito colaborante e bem comportada, um espanto esta minha filha!).

Depois com calma falámos com a médica, é uma situação relativamente comum, mais uma vez viral, que provoca uma inflamação da laringe e as dificuldades respiratórias, bastante aflitivo para quem tem e para quem vê; a medida imediata deve ser levar a criança agasalhada para a rua, o ar húmido e frio ajuda a ultrapassar a crise, não tem um tratamento (como todas as viroses), tratam-se os sintomas por isso vamos fazer 3 dias de Celestone e aerossóis só com soro fisiológico (ar húmido), voltar ao médico se houver uma crise e não conseguirmos ultrapassa-la (por favor não!).

Eu sei que faz parte do ser mãe/pai estes sustos, mas com o Tiago, apesar de saudável, estas situações têm sido demasiado frequentes… não sei se repararam mas ontem foi dia 27 de Agosto, há um mês atrás passámos o dia no hospital com o coração muito apertado… já chega, sim?!

(Post publicado só de manhã que ontem já não tinha olhos ou cabeça para rever o texto.)

20 comentários:

  1. Bem!!! Que susto!
    Tomara que passe e não se volte a repetir.
    Tens razão, ser mãe e pai é mesmo assim, com sustos pelo meio!
    As melhoras dele!
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Que susto mamã!
    As melhoras rapidinhas para ele!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Cruzes, credo!

    Beijinho, já passou!

    ResponderEliminar
  4. credo... fiquei mesmo ansiosa só de ler o teu relato.. deves ter vivido momentos de muita angústia, nem consigo imaginar...

    realmente ele está a pregar-vos alguns sustos! espero que não sejam mais do que isso e que ele não volte a passar por nada semelhante!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Caramba, as coisas que aparecem nos miúdos. Chiça!

    Mas já passou, agora se Deus quiser vai tudo melhorar.

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  6. Que sufoco!!! Realmente, não tem sido fácil... ânimo e as melhoras!!!

    :-))
    Sandra

    ResponderEliminar
  7. Bolas!!!
    As melhoras.

    Mãezite

    ResponderEliminar
  8. Bolas, q susto...
    Estas coisas fazem parte, mas nunca estamos preparados...

    Tadinho.

    ResponderEliminar
  9. Fogo, que agonia... Beijocas e as melhoras rápidas

    ResponderEliminar
  10. Bem... ! os miudos parecem ter uma capacidade inesgotável de nos pregarem sustos, bolas !
    As melhoras do biscareto ;)

    ResponderEliminar
  11. Xana, o Gabriel teve isso estas férias... Ainda nem escrevi, pois falta-me fazer a parte II das férias que foram bem desagaradáveis graças a isso. Tb teve de fazer nebulização com adrenalina e andou uns dias a Celestone. Já passou, pronto... :(

    ResponderEliminar
  12. Realmente, têm apanhado cada susto. As melhoras! Que seja o último...

    Bjos

    Cristina

    ResponderEliminar
  13. Q grande susto! Mais um, não é?

    O importante é ele estar melhor e estar medicado.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  14. A maddrinha do puto29/8/07 5:32 da tarde

    A primeira vez que a Sara teve uma crise dessas cheguei à Cuf em 5mts (eu sei que moro perto, mas mesmo assim....).
    Disseram-me o mesmo que a ti qt à rápida resolução do problema.
    Normalmente essa situação dá-se qd está eminente uma constipação.
    O truque da janela resulta (depois do susto inicial, já tivemos sem exagero uma meia duzia de repetições).
    Habitua-te miuda, tens tido é mta sorte com a Carolina, que tudo o que aontece ao "meu menino" te assusta.

    Um beijinho gd.

    Sílvia

    ResponderEliminar
  15. Bolas, esse miúdo tem dado uns sustos valentes! Já passou!

    ResponderEliminar
  16. Além do desafio que te lancei, fiz-te uma pergunta no meu blog:
    Porque é que deste os nomes Carolina e Tiago aos teus filhotes?
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Espero que tenha sido apenas um grande susto e que o pior já tenha passado.
    1 bjx grande

    ResponderEliminar
  18. Bolas, amiga, que susto!!! Imagino a tua aflição...

    Esperemos que não volte a acontecer! Não vai voltar!!!

    Beijo e as melhoras

    ResponderEliminar
  19. Booooolas! Até eu fiquei nervosa, só de ler!... Felizmente ainda não passei por um susto desses (lagarto, lagarto!). deve ser muito violento, tanto para o miúdo como para vocês, nem imagino...
    As melhoras e espero que não volte a ter nenhuma crise!
    Beijos.

    ResponderEliminar